Lélia Copruchinski
Nome da peça: Rua da Praia
Inspiração: A cidade vista do mar.
Materiais: ouro, prata e oxidação.
Chico Jecupé
Nome da peça: Ubá
Inspiração: Nome de origem Tupi Guarani, que significa canoa escavada em um só tronco.
Materiais: prata e cristal rutilado.
Ana Morgenstern
Nome da peça: Sem título
Inspiração: O chão que circunda a Fonte da Gamboa, ou Fontinha, como é conhecida popularmente, que foi construído com pedras que eram trazidas de Portugal como lastro nos navios.
Materiais: prata, água marinha, esmeralda e crisoprásio
.
Namir Name de Dominicis
Nome da peça: Algema
Inspiração: Os escravos que serviram os colonizadores.
Materiais: prata.
Amanda Gallego
Nome da peça: Mar Redondo
Inspiração: O nome da cidade dado pelos Índios Carijós “Pernanguá” que significa "Grande Mar Redondo" uma referência à Baía de Paranaguá, que posteriormente evoluiu para "Parnaguá" e, definitivamente, Paranaguá.
Materiais: prata, cerâmica e couro.
Gabriella Perfeito
Nome das peças: Fundo do Mar
Inspiração: A fauna do fundo do mar.
Materiais: prata e topázio azul.
Lia Martins
Nome da peça: Gradil
Inspiração: Grades das sacadas das casas do período colonial.
Materiais: prata e ágata.
Manoella Farracha
Nome da peça: Tesouros da História
Inspiração: As ruas calçadas de pedra no centro da cidade.
Materiais: prata e zircônia cúbica.
Sig Roeder
Nome da peça: Viola Caipira
Inspiração: Viola Caipira, instrumento usado no fandango, dança típica de Paranaguá. As cores das pedras representam a energia e descontração da dança e da música.
Materiais: prata, citrino e opala-de-fogo.
Namir Name de Dominicis
Nome da peça: Âncora
Inspiração: As embarcações que aqui chegaram.
Materiais: prata.
Fotografia: Lélia Copruchinski
página 1página 2página 3
Atelier Lélia Copruchinski - tel: (41) 9186-8731 / 3232-5638 - Curitiba - Paraná - Brasil
mais informações sobre o livro
tudo sobre

Design de Joias

saiba mais